• Mutirão de Cirurgias
  • Banner Recadastramento do Servidor

Notícias

21/06/2017 20:06

Integração ônibus-metrô é tema de debate em Audiência Pública

A integração dos ônibus urbanos com o sistema metroviário de Salvador foi o tema central da Audiência Pública “Mobilidade Urbana: Metrô de Salvador” promovida pela Comissão Especial de Desenvolvimento Urbano da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA). A audiência ocorreu na manhã desta quarta-feira (21).
A falta de integração entre os dois sistemas foi bastante criticada pelos os participantes da sessão, que lotaram o Plenarinho da Alba. O fato deve-se ao descumprimento da Prefeitura de Salvador no que diz respeito ao que está estabelecido no Contrato de Programa e no Convênio Interfederativo, assinados pela gestão municipal e estadual antes mesmo do metrô ser transferido para o Estado.
a
A solução apontada pelo Estado para o problema foi a licitação de um sistema paralelo de alimentação do metrô garantindo a tarifa única por viagem. Essa medida também foi defendida pelo secretário da Casa Civil, Bruno Dauster. “Apenas 5% do total de passageiros do sistema está integrado. Não existe metrô sem alimentação, sem integração. Já estamos preparando a licitação das linhas alimentadoras, que faremos se a integração não avançar efetivamente”, garantiu Dauster.
O secretário ainda deixou claro que o “Estado não tem interesse em ter linhas de ônibus que liguem bairros uns aos outros ou criar problemas para o sistema municipal” e afirmou que a questão precisa ser solucionada com urgência. “Se a integração não é realizada, vamos resolver. O que não podemos é deixar quer o passageiro pague duas passagens. Estamos lutando para defender o usuário do sistema de transporte público de Salvador e da Região Metropolitana”, afirmou Dauster.
Nesse contexto, o presidente do Conselho Regional de Engenharia da Bahia (Crea), Marco Amigo, destacou que “o projeto de engenharia se torna real quando atende plenamente a população que precisa se movimentar por todo tecido urbano em menos tempo”, garantindo que o órgão tem estado atento ao processo da integração tarifária entre os modais.
r

METRÔ
Os participantes da audiência pública também conheceram um pouco mais do sistema metroviário de Salvador. A apresentação do sistema foi feita pelo presidente da Companhia de Transporte do Estado da Bahia (CTB), Eduardo Copello.
“Estamos diante da primeira Parceria Público Privada (PPP) de mobilidade estatal do Brasil, com destaque, inclusive, internacional. Temos a maior obra urbana da América Latina, nos dias atuais”, ressaltou Copello. Outro ponto destacado pelo presidente da CTB é a eficiência do sistema. “Além desse benefício, o metrô de Salvador garante acessibilidade e mobilidade aos usuários”, disse.
Quando a pauta foi o avanço das obras da malha ferroviária, Dauster anunciou que a ordem de serviço para o trecho do metrô que ligará Pirajá até Águas Claras deve ser dada nos próximos meses. “Vamos estender a linha 1, chegando até a região de Cajazeiras, melhorando significativamente a mobilidade da população que vive na região”, destacou. A notícia foi recebida com enorme satisfação pelos representantes da comunidade de Cajazeiras que estavam no evento.
A presidente da Comissão Especial de Desenvolvimento Urbano da Alba, deputada Maria Del Carmen, ressaltou a importância do debate. “Precisamos debater políticas urbanas, discutir os problemas e buscar soluções”, falou.
Grace Gomes, superintendente de Mobilidade, representou a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur). Também presente na mesa e representando a prefeitura de Lauro de Freitas, estava o secretário de Transito e Transporte da cidade, Capitão Olinto.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.