botaoouvidoriageral

PALMA ADENSADA

Biofábrica  produzirá 1 milhão de mudas por mês

 

DSC 6368Os agricultores familiares do semiárido baiano vão dispor de uma nova tecnologia para a convivência com a seca. O projeto estruturante consiste na distribuição de palmas forrageiras, cujas mudas serão produzidas em processo biotecnológico, um diferencial implantado pela primeira vez na Bahia. Com investimento de R$ 1,3 milhão, a Biofábrica, sediada em Juazeiro (BA), produzirá 1 milhão de mudas de palma por mês, garantindo alimentação animal em períodos de estiagem.

O recurso para a consolidação deste projeto é proveniente do Fundo Estadual de Combate e Erradicação à Pobreza (Funcep), gerido pela secretaria da Casa Civil. O monitoramento da ação, que será executada pela Organização Social Moscamed Brasil, é de responsabilidade da Secretaria da Agricultura do Estado da Bahia (Seagri).

Os detalhes desse projeto estruturante foram acordados, nesta quinta-feira (7), durante reunião entre os secretários Rui Costa (Casa Civil), Eduardo Salles (Agricultura) e o presidente da Moscamed Brasil, Aldo Malavasi, realizada no gabinete do secretário Rui. A agenda contou ainda com a participação do presidente da Companhia de Ação e Desenvolvimento Regional (Car), Vivaldo Mendonça, e representantes técnicos estaduais.

A Biofábrica está instalada há cinco anos em Juazeiro e será ampliada, para promover a produção das palmas. A nova estrutura tem inauguração prevista para julho deste ano, mês que marca o início da produção. As primeiras mudas serão distribuídas aos agricultores do semiárido em dezembro deste ano, sob coordenação da Seagri. “A distribuição será entre secretarias municipais de Agricultura, associações e cooperativas de toda a Bahia”, explicou Eduardo Salles. Ele ressaltou, ainda, que esta ação reforçará o compromisso do Governo da Bahia, garantindo que “em médio prazo, grande parte dos agricultores familiares possua uma pequena área de palma adensada em suas propriedades, o que viabilizará a alimentação dos rebanhos”, disse Salles.

O secretário Rui Costa afirmou que este projeto estruturante se soma ao Programa de Segurança Alimentar, executado pela Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), que, só neste ano, beneficiará 30 mil agricultores familiares, distribuindo 75 milhões de mudas de palma. “A parceria com a Moscamed é estruturante para a convivência com a seca. A tecnologia que será usada dará condições para que, rapidamente, o agricultor seja beneficiado, tendo reserva alimentar para o rebanho”, afirmou Rui Costa.

Anúncio – Durante a 4ª reunião itinerante do Comitê Estadual para Ações de Convivência com a Seca, realizada no dia 28 de fevereiro, em Juazeiro, a implantação deste novo projeto estruturante foi anunciada aos prefeitos da região. Hoje (7), o anúncio foi oficializado e as últimas definições para a implantação foram acordadas.   (07/03/2013)

 
anoeleitoral2014
legisbahia
expresso3

Governo do Estado da Bahia
Casa Civil - Av 3, nº 390, CAB, Salvador-BA, CEP 41745-005
Tel. 0800-284-0011 / (71) 3115-6507 / (71) 3115-6508