• Banner Sei!Ba
  • RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova

Ações no Campo

O principal objetivo deste Eixo é o atendimento à agricultores familiares, organizados ou não, capazes de estabelecer relação de crédito com cooperativas, bancos, e de viabilizar processos organizativos voltados para verticalização da produção. Da mesma forma, os assentados da reforma agrária, quilombos e fundos de pastos já regularizados ou não. São populações cujas lutas consolidaram o acesso à terra e que necessitam de ajustes na execução das ações do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) com o Governo do Estado em relação aos investimentos coletivos e individuais. Incluem-se também neste rol as famílias com pouca capacidade de acesso aos créditos de investimento.

No Eixo Rural, o trabalho é desenvolvido por meio de três eixos a saber:

1. a oferta de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) continuada e individualizada, priorizando os agricultores familiares mais vulneráveis;

2. o fomento das atividades da agricultura familiar, dentre as quais citamos:
  • Produção e distribuição de sementes e mudas;
  • Distribuição de animais geneticamente melhorados;
  • Transferência de Ativos (distribuição de Kits e insumos produtivos, etc.);
  • Apoio ao acesso ao crédito rural;
  • Adesão dos agricultores ao Fundo Garantia Safra;
  •  Regularização fundiária das propriedades rurais;

3. a agregação de valor aos produtos através da verticalização da produção e apoio à comercialização dos artigos dos empreendimentos populares e solidários no setor rural. Este eixo tem como prioridades:
  • Adequação da legislação sanitária e tributária;
  • Verticalização dos agricultores nas principais cadeias produtivas com a construção e ou adequação de agroindústrias e;
  • Implantação do Sistema Estadual de Comercialização dos Produtos da Agricultura Familiar e Economia Solidária (SECAFES);


Recomendar esta página via e-mail: